Dicas para gerenciar conflitos no trabalho em equipe

Os conflitos durante o trabalho em equipe podem ser extremamente prejudiciais não só porque “estragam” o ambiente de trabalho, como porque podem minar a produtividade e prejudicar os resultados da empresa. Por isso, é extremamente importante que o gestor corporativo saiba como administrá-los com inteligência.

Para isso, é preciso que ele esteja atento às relações interpessoais no trabalho, para poder identificar possíveis rusgas e agir antes que a situação se agrave, evitando o acirramento do problema e consequências mais trágicas para a saúde da organização. 

Gerenciar conflitos significa olhar para a situação sob uma ótica profissional, usando algumas técnicas simples. Neste post, vamos dar algumas dicas para administrar melhor os conflitos entre os membros do time e manter um bom clima organizacional. 

Como eliminar os conflitos no trabalho em equipe

Siga estas sugestões para acabar de vez com os conflitos no trabalho em equipe:

Escute os envolvidos

Saber ouvir o outro não é apenas questão de educação e respeito, mas também uma prática essencial para solucionar conflitos. Um bom ouvinte consegue se comunicar melhor e se conectar com as outras pessoas, ajudando a resolver possíveis mal-entendidos e a acalmar os ânimos. 

Use o conflito como impulso para evoluir

Certas divergências de opiniões não são necessariamente tóxicas. Às vezes, elas podem servir como estímulo para aumentar a produtividade e a criatividade dos colaboradores, ajudando o time a evoluir e buscar soluções inovadoras. Afinal, uma certa dose de competição saudável pode ser muito benéfica, contanto que não passe dos limites. 

Se atenha aos fatos

Muitas vezes, os confrontos no trabalho em equipe começam devido a uma disputa entre diferentes pontos de vista. Para resolver esse problema, a dica é se ater aos fatos ao invés de considerar somente as opiniões, já que elas são pessoais e subjetivas. 

Portanto, para evitar atritos, o ideal é que os colaboradores se limitem aos dados numéricos e aos fatos consolidados, ao invés de se ater a meros achismos.

Ao invés de buscar culpados, foque em buscar soluções

Um erro comum nas empresas é procurar culpados por eventuais falhas ou por um desempenho aquém das expectativas. Essa “caça às bruxas”, além de ser combustível para atritos, também é inútil para a prosperidade dos negócios. 

Por isso, ao invés de sair apontando dedos e esbravejando, o ideal é procurar soluções viáveis e eficazes para o problema a ser enfrentado. Isso pode ser feito por meio de conversas, treinamentos, mudanças de planejamento, aquisição de novas tecnologias, entre outras providências. 

Apele para uma interferência externa quando necessário

Em certas situações, as partes envolvidas não serão capazes de solucionar problemas mais críticos no trabalho em equipe, e o gestor precisa estar pronto para identificar esses momentos. Nesses casos, pode ser interessante contar com a ajuda de um especialista externo para conseguir uma solução viável e acabar de vez com o conflito, sem traumas. 

Colabore para a resolução imediata do problema

Muitos conflitos se iniciam por conta de divergências internas. Para evitar que isso aconteça, assim que a solução para determinado problema for apontada, ela deve ser aceita irrestritamente dentro da empresa, e colocada em prática o quanto antes. Em outras palavras, quando um objetivo for traçado e as metas forem definidas, as discussões sobre o assunto devem cessar. 

Utilize a tecnologia como aliada

Adotar sistemas de gestão pode ser muito útil para evitar conflitos, já que os dados ficam registrados e centralizados, as informações são mais transparentes e acessíveis, e as chances de haver dúvidas e mal-entendidos diminuem.

Além disso, sistemas de CRM, aplicativos de conversação instantânea e ferramentas online de organização e produtividade também podem ser interessantes, já que auxiliam na organização das tarefas e facilitam a comunicação entre os profissionais, tornando o relacionamento mais fácil.  

 

Nem sempre é fácil manter um bom clima dentro da empresa, mas é fundamental saber como gerenciar conflitos da melhor maneira possível, evitando que eles se tornem uma gigantesca bola de neve que acabe por soterrar as equipes. Por isso, fique atento.

Os conflitos entre equipes são um problema em sua empresa? O que você faz para se prevenir?